renato5

Renato Cinco – RJ

E para encerrar o ano, mais um que faz um trocadilho infame sobre a legalização da maconha.

Lembram do André Barros, segundo o próprio: advogado da Marcha da Maconha? Pois é, ele fez escola! E mais um candidato do mesmo Estado utilizou do perfil de marketing para sua campanha.

Falo de Renato Cinco, que foi candidato derrotado a Deputado Federal pelo PSOL-RJ. Abaixo está a ficha do cidadão.


Mais um sem bens…

O bordão do cidadão é semelhante ao que o André usou: “Aperte o verde para a legaização”. Para não dizer que estou mentindo, segue um vídeo com o jingle de sua campanha.

ARVE Error: no id set

Renato Cinco possui um site pessoal e um blog. Abaixo segue um dos panfletos divlgados em época eleitoral.

Bizarro enviado pelo Danilo de Mauá-SP. Faça como ele, envie o seu bizarro você também.

Nota do Editor: A equipe do blog não faz apologia ou recriminação às drogas, o referido candidato está no blog pelo tipo de abordagem feita ao assunto. Nós acreditamos que esse tipo de assunto merece uma abordagem séria com ampla discussão da sociedade.
  • gabriela

    Não entendo o critério de bizarro desse blog. A pessoa é “bizarra” por apoiar uma causa que ninguém tem a coragem de apoiar publicamente? Ou só por pensar diferente de alguns?
    Bizarro pra mim é quem tá no poder roubando nosso dinheiro!
    E esse post não parece ser uma abordagem séria do assunto como diz a nota do editor, já que não há argumentos pra julgar o cidadão como “bizarro”.

    • Como já foi dito, esse assunto merece um tratamento sério, e não com frases de efeito ou piadinhas sem graça lançadas em campanhas eleitorais. Vou colar aqui novamente a nota do editor…

      Nota do Editor: A equipe do blog não faz apologia ou recriminação às drogas, o referido candidato está no blog pelo tipo de abordagem feita ao assunto. Nós acreditamos que esse tipo de assunto merece uma abordagem séria com ampla discussão da sociedade.

      • Quem diz que o Cinco não faz uma “abordagem séria do assunto” não o conhece… poderia ter, no minimo, procurado no youtube participações dele em debate sobre a descriminalização (inclusive na Câmara dos Deputados)…

        Frases de efeito todo candidat@ tem…. isso não pode ser critério serio… bizarro é o site…

  • Quer mais ampla discussão com a sociedade do que pautar isso no processo eleitoral ? Quando a maioria dos candidatos evita de pautar com medo de perder votos…

    Quem me parece que não é sério é esse blog, acho interessante a intenção de mostrar a fauna eleitoral que aparece sem critério, mas daí a fazer isso sem critério nenhum é se igualar à falta de critério de candidatos realmente bizarros.

    Talvez fosse interessante que vocês lessem o material completo do candidato antes de sair falando uma besteira como essas.

  • Meus Srs, o que há de bizarro? As frases de efeito? Bem, vamos esclarecer o óbvio.

    Definição de “jingle”(wikipedia, mas boa como qualquer outra definição): “Um jingle é uma mensagem publicitária musicada e elaborada com um refrão simples e de curta duração, a fim de ser lembrado com facilidade. É uma música feita exclusivamente para um produto ou empresa. É geralmente uma peça de áudio ou vídeo utilizada por emissoras de rádio ou TV para identificação da marca, canal, frequência. Pode ser falada ou cantada.Um jingle é um slogan memorável, feito com uma melodia cativante, transmitido em rádio e, algumas vezes, em comerciais de televisão. Um jingle eficiente é feito para “prender” na memória das pessoas.”Logo, o “jingle” tem por definição prender na memória e usar frases de efeito é uma estratégia válida como qualquer outra. Só que Renato Cinco não se limita aos jingles. Em seu blog, aqui citado, encontram-se um apanhado sério de suas ideias. Pouquíssimos candidatos tem esse respeito e zelo com o eleitor.O “Basta de Guerra aos Pobres” não é uma frase de efeito, mas uma tese sociológica, criminológica, séria e respeitável.Por fim, o André Barros se descreveu como “Advogado da Marcha da Maconha” porque a Marcha foi coibida pela polícia e parcelas do MP. André Barros foi um dos advogados que defendeu o movimento perante o Judiciário. Após anos de luta, o STF reconheceu o óbvio: toda tentativa de coibir criminalmente a Marcha da Maconha fere a liberdade de expressão e as liberdades políticas.  Em suma, nenhuma lei é incriticável e a que criminaliza as drogas não pode ser exceção.A única coisa bizarra aqui é o obscurantismo, falta de explicação, e ignorância desse post.

  • Juarez

    Pra mim está bem claro. É bizarro, na minha opinião, que um camarada que organiza “marcha da maconha” seja candidato a deputado federal. Candidato maconheiro só pode ser piada!

  • Ricardo Kolpeq

    Não é só pela legalização em si, mas pelo combate à guerra do tráfico, o acesso fácil a drogas mais pesadas pelos usuários de maconha e o desinchaço do sistema penitenciário. Leiam as propostas e acompanhem as ações do candidato antes de falar que é piada e bizarro.

    Piada é a alienação da população perante esse tema e a aceitação de cabeça baixa do que o Estado dita.

    O problema é muito mais sério do que só o fato das pessoas poderem fumar sem ninguém dizendo se é certo ou errado. Pela liberdade individual! O corpo é meu, a cabeça é minha, o pulmão é meu. EU escolho o que é certo ou errado pra mim sem ultrapassar o respeito ao próximo.

    Renato Cinco – 50555

  • Na boa, é preciso conhecer melhor o candidato antes de falar que ele é
    bizarro. Bizarros sao aqueles que estao de zoeira, como as celebridades
    de 3o escalao, sem preparo nenhum. Renato é super preparado e já
    demonstrou isso nas Twitcams e em diversas outras oportunidades. Até
    mesmo o Michael Lowy, referência da esquerda, já o elogiou (podem
    procurar) Só que ele escolheu temas espinhosos, que são ignorados pela
    maioria da população. E é de esquerda. Quem é conservador provavelmente vai discordar de tudo que ele falar.

  • As frases de efeito fazem parte, como um slogan. Procure sobre o candidato. No blog dele tem uma entrevista ENORME, onde ele demonstra preparo. Até acho bacana a iniciativa de denunciar os candidatos realmente bizarros, mas Cinco tá longe de ser um.

  • e foi eleto…

  • DDM

    Ele foi eleito vereador no Rio!

    • Que ele comece um debate sério, sem trocadilhos, pelos assuntos que ele defende…

  • alan rj

    o cara entrou bando de pela sacos….o cara eh foda …legalize ja!!

  • Bruno Mattos

    Essa postagem demonstra o quão senso comum e rasa é a pesquisa do autor, pois com um pouquinho de pesquisa que pode ser feita no google decobriria que o Cinco é uma dos militantes mais sérios e fundamentados na seara das liberdades e do socialismo, em especial da legalização das drogas, não é a toa que, para desespero dos ignorantes e conservadores, foi eleito vereador na cidade do Rio de Janeiro com mais de 12 mil votos. E na eleição de 2010 ficou como primeiro suplente de deputado federal pelo PSOL RJ.